Menu

3 de fevereiro de 2013

Morte Súbita, de J.K. Rowling

Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista. A vaga deixada por Barry no Conselho Distrital logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas?




Pagford é uma cidade pequena, aliás, nem chega a ser uma cidade, é um vilarejo. E em como todo lugar pequeno, todo mundo conhece todo mundo. 

Barry Fairbrother era uma figura importante em Pagford. Ele era o presidente do Conselho do vilarejo, todos gostavam dele alí. Até que ele morre, subitamente
Todos alí ficam de luto pela morte dele, ou quase todo mundo, Barry tinha amizades e inimizades no vilarejo.

A cadeira de Fairbrother está vazia no Conselho, e o cargo dele começa a ser cobiçado por muitos alí. E então, alguns candidatos surgem ao posto, e uma eleição decidirá quem ficará no lugar de Barry.

Primeiramente eu queria dizer que se o nome de J.K. Rowling não estivesse presente nesse livro ele nunca teria chamado minha atenção, a sinopse não teria me ganhado, e acho que nunca daria uma chance à ele, pois não é o tipo de livro que eu gosto, envolvendo política e conflitos. E acho que a partir de Morte Súbita, meu preconceito com livros que envolvem política acabou.

No começo a leitura se arrastou muito, eu ficava lendo as pessoas se lamentando pela morte de Barry, outras orquestrando ficar no lugar dele, trechos da história do vilarejo e suas políticas, foi muito massante.

O que me motivou a ler esse começo foi o núcleo jovem do livro. Andrew, Bola, Kristal, Gaia e Sukhvinder não ligavam para a política, com eles o assunto abordado eram drogas, sexorelacionamentos e até bullying. E eu gostei muito dessa parte.

Até a terceira parte a leitura foi arrastada, com pessoas infelizes no casamento, outros só pensando na eleição, a fofoca rolando solta pelo vilarejo, entre outras coisas.
[...]o maior erro de noventa e nove por cento das pessoas é ter vergonha de serem quem são, é mentir a esse respeito, fingindo ser alguém diferente.
A partir da terceira parte o livro começou a ser intenso, fantástico e arrepiante. A eleição se aproximava, todos na cidades estavam tensos, e as mensagens deixadas no site de Pagford dão o toque essencial para compôr a história.

Morte Súbita é um livro forte. E um livro bom. Ele aborda temas que acontecem ao nosso redor o tempo todo, e que, às vezes, nos passa despercebido. 

A narrativa do livro é à lá J.K. Rowling, espetacularmente boa.

Eu não gostava da capa quando a vi pela internet, mas quando tive os livros em mãos eu a amei, e amei o nome que estava escrito em cima. J.K. Rowling. Parabéns a Nova Fronteira, que fez um trabalho sensacional, e desenvolveu uma obra incrível em pouquíssimo tempo, a qualidade das páginas é a melhor possível.

Morte Súbita é uma grande história, de uma grande autora. Recomendo! 


  

33 comentários:

  1. Já li Morte Súbita, e tenho a mesma opinião. As primeiras duzentas páginas do livro são realmente maçantes. Rowling explora o psicológico dos personagens, o que torna o livro cansativo. Mas depois, o livro se torna viciante, e o final, genial. Gostei muito do final! Resenhei ele lá no blog também.

    Abraço
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br
    P.S: Tem como seguir o meu blog também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro ótimo com um começo ruim.
      Eu já vi sua resenha, e gostei bastante, Lucas.
      Abraços, volte sempre.

      Excluir
  2. Tô super afim de ler esse livro. Parabéns pela resenha.
    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser interessante, o problema é o início. Acho que a autora devia ter trabalho as primeiras partes do livro um pouco melhor e, se ele não tivesse o nome da J. K. na capa, muita gente teria desistido da leitura =/
    Luh
    http://blog.fomedelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, o início peca um pouco.
      Volte sempre, Luisa, beijos.

      Excluir
  4. Oi Gustavo! Pra falar a verdade, essa é a primeira resenha que leio que realmente me chama a atenção e me deixa com vontade de ler o livro. Até o momento, não estava nem um pouco interessada e, assim como você, não achei essa capa muito bonita pela internet (fiquei curiosa pra ver como ela é ao vivo! rs) e a sinopse também não me agradou. Nunca gostei de política e não acho que é um tema que eu gostaria de ler... Mas sei lá, você me deixou com certa curiosidade... Vou procurar ler sim! ;D

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Amanda! Ele é lindo ao vivo.
      Procure e leia mesmo :D
      Volte sempre, beijos.

      Excluir
  5. Olha, Gustavo, pra falar bem a verdade, não tenho muita vontade de ler este livro. Tenho medo desta parte um pouco arrastada - isso tem sido o principal motivo de eu abandonar livros ultimamente. Ando meio impaciente rs.

    Mas que bom que valeu a pena aguentar e que vc gostou =)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, no começo tem que ter um pouquinho de paciência mesmo, Ceile.
      Mas quando estiver mais motivada, tente ler, vale a pena!
      Beijos, e volte sempre.

      Excluir
  6. Olá Gustavo!

    Primeiramente queria lhe parabenizar pelo blog, conheci ele hoje e gostei muito do conteúdo que li por aqui.
    Em relação ao livro, gostaria muito de ler a Morte Súbita. Confesso que quando li a sinopse pela primeira vez, fiquei meia desanimada, pelo simples fato de envolver política, coisa que não me agrada muito. Mas quando resolvi ler algumas resenhas sobre o livro, seja positiva ou negativa, fiquei muito empolgada e super curiosa para lê-lo.
    Acredito que em breve conseguirei obtê-lo e poderei ter uma opinião formada sobre. :D

    Att,
    Bruna T. Marques
    Uma Jovem Leitora - http://umajovemleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Bruna! :D
      Acho que você devia dar uma chance ao livro, vale a pena!
      Volte, sempre ao Jantando Livros, beijos.

      Excluir
  7. Oi Gustavo,
    Primeira visita aqui no blog, gostei bastante do titulo :)
    Claro que já tô seguindo para acompanhar as novidades
    Esse livro eu também achei a capa feia quando vi pela internet, mas ao vivo ela é tão linda *-*
    Mesmo o começo sendo bem chatinho, vou lê-lo, pois acredito que vá vale a pena.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Mari :D
      Leia mesmo, o começo é chatinho mas depois melhora muito!
      Volte sempre, beijos.

      Excluir
  8. Adoreia a resenha! Eu li o livro e acho a mesma coisa. Gustavo, obrigado por ter comentado no meu blog. Estou retribuindo como agradecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, Glauber. Obrigado, e volte sempre.
      Abraços.

      Excluir
  9. Eu sempre quis dar uma chance para um livro da JK mas eu não tenho a minima vontade de ler Harry Potter (e pode me julgar por isso rs), então surgiu Morte Súbita e desde então eu me prometi que vou comprar. Estou só esperando minha fila de "para ler" diminuir um pouco :) Sua resenha me fez ficar com ainda mais vontade de compra-lo *----*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Danni, HP é tão bom :/
      mas dê uma chance a Morte Súbita sim, a narrativa da autora vai te conquistar.
      Obrigado e volte sempre, beijos.

      Excluir
  10. Olá, Gus! Finalmente consegui um tempo para visitar o seu blog, que por sinal é maravilhoso. Sabe, eu tenho receio em ler Morte Súbita. Já ouvi comentários maravilhosos como o seu e outros que prefiro nem citar! Porém como você mesmo disse o que chama mais a atenção não é a capa, o título e muito menos a sinopse. E sim, o nome da autora.

    Todos nós conhecemos a velha e carismática J.K. de Harry Potter, nunca conseguiríamos imaginar ela escrevendo um livro com esta temática, no entanto ela nos surpreendeu mais uma vez! E eu desejo esse livro agora, em minha estante!

    Um abraço meu caro, muito sucesso - http://umleitoramais.blogspot.com.br/.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Léo! Eu li o livro bem desapegado do nome da capa, mas em algumas partes a escrita dela me lembrou Harry Potter, a escrita em si, a maneira como ela coloca as coisas. Leia, vale a pena!
      Abraço, e volte sempre :D

      Excluir
  11. Apesar de todo o livro ser bom, a terceira parte realmente é a melhor, a preferida! Gostei muito de Morte Súbita. Mesmo nunca tendo lido nada da Rowling, acho legal ela ter tido a ideia de escrever algo tão diferente de HP.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da terceira em diante o livro fica excelente, né Kel.
      Volte sempre, beijos.

      Excluir
  12. Tenho lido ótimas críticas sobre esse livro!
    Já até comprei rsrs também não é muito o meu estilo de leitura (sobre política e tals...), contudo, confio no talento da Jk e estou mais do que disposta a me entregar às páginas de Morte Súbita!
    Parabéns pela resenha ^^

    Bjs
    juliana
    http://capespeciais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena Ju, o livro é bom demais.
      Obrigado, e volte sempre. Beijos.

      Excluir
  13. Estava com o pé atras com esse livro apesar de já ter até colocado ele na lista de desejados. Mas agora quero ler MUITO. Gosto de temas polêmicos e conidianos.
    E saber como é a Rowling longe do Harry será bom.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história totalmente diferente, Thiana. Merece ser lida.
      Beijos.

      Excluir
  14. Olá Gustavo, de novo e de novo. rssrsrsrs

    Eu me recuso ler sua resenha até ter terminado o livro. rsrsrsr
    Morte Súbita é minha atual leitura e eu não estou lendo nenhuma resenha dele para não corromper minhas impressões da leitura, sabe? Acho que vc me entende!
    Quem sabe quando eu finalizar a leitura [que acabei de começar, confesso] eu passe aqui, leia sua resenha e deixe um comentário de respeito?

    xoxo
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas, Camila. Passe aqui depois que terminar rs.
      Beijos.

      Excluir
  15. realmente muito bom! Também fiz uma resenha dele no meu blog: http://donnaflaviaa.blogspot.com.br/2013/01/resenha-morte-subita.html aguardo sua visita e comentário! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flávia, o livro é bom demais, né. O final compensa o começo fraquinho.
      Já vou visitar seu blog, beijos.

      Excluir
  16. Eu no começo morri apara ler este livro, enfim ganhei e bom... não foi aquilo que eu esperava! haha
    Como sempre JK não decepciona jamais! mas ele me lembra o livro ' A hospedeira" em que você tem que ter MUITA força de vontade para continuar lendo se quiser ver as partes boas que só aparecem capítulos depois! rs
    Valeu a pena, não me arrependo, mas não havia necessidade de tanto né tia Jk ? rs
    Bola é u personagem maravilhoso com seu jeitinho largado e critico gostei muito, a Kristal também me emocionei bastante com ela e a família e vida conturbada que ela tinha.

    Parebens pela resenha!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu gostei Tamires :( hahahahahaha
      Obrigado, beijos.

      Excluir
  17. Não tenho muita vontade de ler esse livro mas gostei muito do assunto da história e da sua resenha. Não está na minha lista de desejados mas se eu tiver a oportunidade de poder ler, vou ser sim!

    ResponderExcluir