Menu

11 de outubro de 2012

A Culpa é das Estrelas, de John Green

Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Como é difícil falar de um livro que me fascinou. Parece que não serei capaz de expressar em palavras o que eu senti lendo A Culpa é das Estrelas. Mas vou tentar.

Hazel é uma adolescente de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ela não gosta de sair, prefere ficar em casa lendo. Sua mãe a fez entrar em um Grupo de Apoio à pessoas com câncer, e ela começou a frequentar as reuniões desse grupo. 

Em uma das reuniões, ela conhece Augustus, um adolescente um pouco mais velho que ela, que venceu o câncer. Os dois começam a conversar e eles se tornam amigos. E a partir daí começam os risos, os choros e os momentos de reflexão.

O livro me fez pensar que talvez os nossos problemas são muito pequenos em relação aos dos outros. Sempre o nosso problema é o maior, mas nunca pensamos que não sabemos o que as outras pessoas sentem, o que elas passam. Enxergamos os nossos problemas e esquecemos que tem tantas outras pessoas com problemas maiores. Às vezes, pensamos até em nos matar, enquanto tantas pessoas estão pensando apenas em continuar vivas.

Devemos parar de sermos  hipócritas e enxergar que nossas vidas são preciosas, temos que agradecer por estarmos vivos. Talvez tenha sido apenas comigo, mas esse livro me fez refletir sobre isso. Ele não é apenas um livro com uma história triste. O livro ensina, e ensina você a ser melhor. A ser mais humano. Com essa correria que vivemos, não damos importância para a doença dos outros. Damos importância só quando acontece com alguém ao nosso redor.

Hazel Grace e Augustus Waters me ensinaram tudo isso. Eles me ensinaram que mesmo na doença devemos batalhar, que devemos ser fortes, e encarar os problemas de frente. A vida é importante demais para não batalharmos por ela. 

Eu sei que essa resenha ficou mais como uma lição, mas foi o que eu senti ao ler A Culpa é das Estrelas, John Green soube fazer o livro ideal. Um livro que deveria ser lido por todas as pessoas. Hazel e Gus nos ensina tantas coisas em tão poucas páginas. Vamos enfrentar os nossos problemas com ironia e força. A vida é feita para ser vivida. E temos que aproveitá-la ao máximo. A Culpa é das Estrelas me ensinou isso.




15 comentários:

  1. E a minha alegria a comprar este livro? Nem me lembre que li sua resenha com super zelo de ter algum spoiler. Realmente sou apaixonado pelo John Green e você nem sabe o quanto estou empolgado para ler este livro!

    Trinta.
    www.escolhendolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fabuloso, Trinta! Ah, eu zelo muito para não colocar spoilers, odeio quando leio algum em uma resenha! hahaha

      Excluir
  2. Nossa fabuloso mesmo o livro, me comoveu e agora eu quero ler
    http://blogversoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, Thais! Leia e depois me conte! :D

      Excluir
  3. Oiee! Tudo bem?! Sua resenha ficou muito sincera, e exprimiu muito do que eu senti ao ler este livro, que com certeza todos deveriam ler!
    Eu criei muitas expectativas em relação ao livro e me decepcionei um pouquinho, mas apesar de tudo, não pude deixar de ser tocada pelos personagens e pela própria estória. Ahh, amei o blog!
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Ruama! Seu blog é lindo, volte mais vezes! Beijos.

      Excluir
  4. Olá, adorei sua resenha. Já comprei esse livro, mas ainda não parei para lê-lo.

    www.leitorait.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glaucia, o livro vale muito a pena! Quando tiver um tempo, leia! Volte sempre! :D

      Excluir
  5. Oi Gustavo, adorei a resenha, mas não sei se esse é meu tipo de livro, parece ser muito dramático. Mas, mesmo assim, agora que li sua crítica, acho que vou dar uma chance pro livro.
    Beijos
    http://sonhodebiblioteca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, Isadora! É bom demais, ele não é tão dramático assim, ele é simples e ensina. Volte sempre!
      Beijos.

      Excluir
  6. O dia que encontrar uma resenha e avaliação mediana desse livro, aí sim ficarei surpresa rsrs
    Quero muito ler ACEDE, estou com ele aqui e provavelmente será minha próxima leitura *-* Todas as opiniões que vi até agora são empolgantes demais.

    Curti o nome do blog!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  7. Kel, leia mesmo, é bom demais! *-*
    Obrigado, seu blog é lindo! Volte sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Realmente, quando comecei a ler A culpa é das estrelas pensei que fosse ser apenas mais um romance entre adolescentes e a tragédia e tals, mas... O livro está cheio de reflexões do caramba, personagens carismáticos e uma narrativa incrível... :S
    Com certeza A Culpa é das estrelas me ensinou tudo isso que você falou e muito mais. A verdade é que eu penso um pouco como o Augustus, sobre o fato de não querer ser esquecido e tals. Mais do que isso: eu simplesmente não quero... deixar tudo que vivi para trás, como o próprio Augustus disse: a vida é boa! E é muito estranho abandonar tudo isso de uma hora p/ outra, mesmo que de alguma forma, vc não vá se lembrar de nada :s
    Sei lá, o livro mexe com a gente e é realmente o que você falou... Pois é o/
    Adorei a resenha e tudo mais ^-^

    ResponderExcluir
  9. Nossa, cara! ACEDE é dos livros que mais gosto, mas não é favorito. Não sei porquê... É um livro divertido, triste ~isso fez sentido?~, que me marcou mas, infelizmente, não é favorito.
    Adorei a resenha, ficou maravilhosa. Ainda não to pronta psicologicamente pra fazer a minha.
    Beijão
    http://thais-monte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu quero muito ler!

    bjs

    sorteio de um livro: http://nandaaflordapele.blogspot.com.br/2014/06/sorteio-livro-hamlet-dificil-arte-de.html

    ResponderExcluir